Endereço PRAÇA PROFESSOR PEDRO FECCHIO, 248 - CENTRO - CEP: 87220-000
Telefone (44) 3607.1280

Conferência de assistência social debate o SUAS em São Tomé.

Sexta-feira, 07 de julho de 2023

Última Modificação: 21/08/2023 09:55:29 | Visualizada 153 vezes


Ouvir matéria

A 13° conferência municipal de assistência social foi realizada na tarde de quinta-feira (06) pela administração de São Tomé e pela secretária de assistência social do município, Selfa Vilela, na casa da Cultura.

O evento contou com a participação de diversos segmentos da sociedade, que debateram e definiram os eixos de atuação para os próximos anos.

Selfa Vilela destacou o trabalho realizado pela assistência social com as famílias mais vulneráveis, oferecendo oficinas para crianças, adolescentes e idosos, que envolvem capoeira, dança, artesanato e serviço de convivência e fortalecimento de vínculos. Ela disse que cerca de 239 crianças e adolescentes são atendidos diariamente pelos equipamentos da assistência social.

Sidney de Souza, técnico da SEDEF, ressaltou a importância das conferências municipais como espaços de avaliação, proposta, reivindicação e participação dos cidadãos.

A primeira dama Marcia Manzotti enfatizou a necessidade de se atender com equidade aqueles que realmente precisam dos serviços do SUAS, respeitando os direitos de todos.

O prefeito Ocelio Leite parabenizou os presentes pela preocupação e envolvimento com as questões do município e disse que esperava que boas ideias surgissem da conferência.

A palestra principal foi proferida por Selma Bezerra de Souza Almeida, da secretaria de assistência social de Cruzeiro do Oeste Paraná, que abordou o tema “Reconstrução do SUAS: O SUAS que temos e o SUAS que queremos”.

Após a palestra, os participantes se dividiram em grupos para discutir os quatro eixos temáticos da conferência:

Eixo I-A proteção social não-contributiva e o princípio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos socioassistenciais no enfrentamento das desigualdades.

Eixo II-Financiamento e orçamento como instrumento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos socioassistenciais.

Eixo III-Controle social: o lugar da sociedade civil no SUAS e a importância da participação dos usuários.

Eixo IV-Gestão e acesso às seguranças socioassistenciais e a articulação entre serviços, benefícios e transferência de renda como garantias de direitos socioassistenciais e proteção.

 

A conferência também abordou o eixo 5, que trata dos benefícios e transferências de renda como formas de garantir a segurança de renda e o acesso aos direitos socioassistenciais.

Entre os presentes no evento, estavam o prefeito Ocelio Leite e a primeira dama Márcia Manzotti, a secretária de assistência social Selfa Vilela, o pastor Edimilson da primeira igreja batista de São Tomé, Vera Garcia da secretaria de saúde, Sidney de Souza técnico do escritório regional de Cianorte da SEDEF, os diretores das escolas 25 de julho, renascer, Santos Dumont e Pedro Fecchio, e os membros do conselho tutelar.

 

 Veja Também